TikTok supera YouTube em tempo médio de visualização nos EUA e Reino Unido, aponta relatório

O TikTok tem sido o assunto da vez em todo o mundo, com a plataforma de vídeos curtos se tornando cada vez mais popular entre os usuários de smartphone. De acordo com uma pesquisa da Data.AI, globalmente, os usuários de Android já passam mais tempo no TikTok do que no YouTube, com uma média de 23,5 horas gastas mensalmente no app dos vídeos curtos mais descolado da atualidade, versus 23,1 horas no do concorrente.

Mas a popularidade do TikTok não para por aí. Um relatório da consultoria AppAnnie mostra que americanos e britânicos que usam o TikTok no Android passam mais tempo assistindo vídeos do aplicativo em comparação com aqueles que usam o YouTube. Nos EUA, o consumo de conteúdo no app chinês TikTok teve uma média mensal de 24 horas e 38 minutos para cada usuário, enquanto no YouTube, que pertence ao Google, a média foi de 22 horas e 40 minutos por mês. No Reino Unido, a diferença foi ainda maior, com uma média de 26 horas de tempo de visualização por mês no TikTok, contra 16 horas no YouTube.

Embora a AppAnnie não tenha divulgado números sobre o uso das plataformas no Brasil, os dados coletados mostram uma tendência de alta do TikTok. Em 2020, o aplicativo foi o mais baixado ao redor do mundo, ultrapassando o Facebook.

Além disso, os dados da AppAnnie foram coletados somente de celulares Android, que possuem uma participação de mercado de 55,3% nos EUA e 62% no Reino Unido, contra 44,7% e 37,6% do iPhone, respectivamente.

Apesar de ainda haver um pouco de resistência em relação ao app no Brasil, os dados mostram que o TikTok é uma plataforma que vem crescendo cada vez mais e, portanto, é importante considerá-lo na estratégia de conteúdo.

 

© 2023 Created by trafego.io

Politica de Cookie

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.

Entendi