Disney construiu seu próprio servidor de anúncios

Se por um ladoa Netflix fez parceria com a Microsoft para a criação da tecnologia de anúncios na plataforma, por outro, a Disney resolveu construir seu próprio servidor de anúncios.

Embora ela já tenha lançado seu plano com anúncios nos EUA, o Disney Ad Server foi implantado inicialmente no Hulu (um serviço de streaming não disponível no Brasil), mas agora está implantando no Disney+ com anúncios.

Segundo Aaron LaBerge, diretor de tecnologia da divisão Disney Media & Entertainment Distribution (DMED), responsável pela entrega de publicidade centrada no Disney Ad Server, a decisão de ter seu próprio servidor foi para garantir maior flexibilidade e controle, garantindo a entrega aos clientes publicitários.

Com o DAS (Disney Ad Server), a Disney pode usar dados primários sem preocupações de privacidade e oferece suporte a formatos de anúncios proprietários.

Além disso, a companhia está contando com tecnologia de ponta, incluindo um mecanismo algorítmico que determina quando exibir um anúncio para um espectador individual e que permitirá a competição automatizada entre vendas diretas e compras programáticas de anúncios (o que resultaria em baixíssimo CPM, na lógica).

Ainda de acordo com LaBerge, há mais de uma década a empresa tem trabalhado em gráficos de audiência, que dará aos anunciantes acesso a mais de 1.800 segmentos com visibilidade em 100.000 atributos de público.

A Disney realmente não está para brincadeira. A parte triste da notícia? Ainda não há previsão de quando o Disney+ com anúncios chegam aqui em terras brasileiras.

© 2023 Created by trafego.io

Politica de Cookie

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.

Entendi